MÉTODO DE COMPARTILHAMENTO DE DADOS E DOCUMENTAÇÃO AMBULATORIAL

 

MÉTODO DE COMPARTILHAMENTO DE DADOS E DOCUMENTAÇÃO AMBULATORIAL

 

Daniel C. A. de Andrade, Marcelo S. Nishio, Ricardo Galhardoni e Manoel J. Teixeira

 

Introdução

Devido a inúmeros problemas de saúde, muitos pacientes necessitam de idas frequentes aos hospitais para conseguir ajustar a medicação e manejo adequado da doença ou distúrbio. Isto, por sua vez, acarreta uma crescente visita ao ambulatório e a necessidade de acesso rápido ao prontuário e informações de consultas anteriores de cada paciente.

A presente invenção pertence ao campo dos métodos de processamento de dados adaptados para aplicações específicas, mais particularmente, a um método para o compartilhamento de dados e documentação médico-hospitalar.

 

 

 

Objetivos

Esta tecnologia trata-se de um método de compartilhamento de dados e documentação ambulatorial que compreende um modo de acesso o qual permite a um usuário tabular e compartilhar dados e documentação ambulatorial com outros usuários em uma unidade de saúde; auxiliando a quantificar o tipo de doentes, suas características e demanda pelos serviços de saúde.

 

Aplicações e público alvo

> Hospitais

> Clínicas

 

Estágio de desenvolvimento

 

 

Patente protegida sob o nº: BR102014011503-0

Faculdade de Medicina

 

 

 

 

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Venturini Lima
Universidade de São Paulo
55 11 3091 2938
alelima@usp.br
Inventores:
Daniel Ciampi Araujo De Andrade
Ricardo Galhardoni
Marcelo Shigueki Nishio
Manoel Jacobsen Teixeira
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum