Toxina Termo-lábil (LTK4R) Atenuada com Atividade Imunomoduladora para Uso Farmacêutico e Veterinário

 

Introdução

A toxina termo-lábil (LT) produzida por linhagens de Escherichia coli enterotoxigênica (ETEC) tem sido usada em vacinas para potencializar a resposta imunológica contra diferentes antígenos alvo de natureza patogênica. No entanto, o potencial toxigênico dessa proteína inviabiliza seu uso em seres humanos e outros animais. A partir do estudo da biodiversidade brasileira, desenvolvido no Centro de Vacinas e Terapia Gênica (CEVAT – GENE) da Universidade de São Paulo, detectamos uma variante natural de LT (LT4) atenuada em decorrência de uma alteração de aminoácido (K4R). Com base nesses dados, construímos em laboratório o mutante LTK4R que também apresentou efeito tóxico reduzido, mas manteve as atividades imunológicas.  O desenvolvimento desse novo composto possibilita o uso  farmacêutico e veterinário de LT como potente imunomodulador.

 

Objetivos

Desenvolvimento de novos moduladores de resposta imunológica baseados em LT.

 

Aplicações e público alvo

• Aplicação de LTK4R como adjuvante vacinal a outros ativos de interesse no controle profilático ou terapêutico de doenças não-infecciosas e/ou infecciosas.

• Uso de LTK4R como imunomodulador para uso farmacêutico e/ou veterinário

 

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: FAPESP

Patente protegida sob o nº: P.I.1003740-3

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Juliana Falcão Rodrigues
Camila Mathias Dos Santos
Jaime Henrique Amorim
Luis Carlos De Souza Ferreira
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum