SEQUÊNCIAS PROTÉICAS PARA TRATAMENTO EM INFECÇÕES POR NEOSPORA

 

INTRODUÇÃO
    A neosporose bovina é uma doença parasitária causada pelo protozoário Neospora caninum. Atualmente, essa enfermidade é considerada uma das principais causas de aborto em bovinos de todo o mundo, podendo também raramente causar distúrbios neurológicos em canídeos, sendo responsável por expressivos prejuízos econômicos a rebanhos de corte e, especialmente, à pecuária leiteira.

    Devido à importância econômica do controle desta patologia, métodos para seu diagnóstico, prevenção e tratamento são amplamente pesquisados. Assim, a presente invenção destina-se às sequências genômicas e proteicas de proteínas anônimas relacionadas à trombospondina TRAP (NcMIC-like1) partir de Neospora caninum, recombinantes e seus vetores. Podendo utilizar as sequências proteicas no preparo de formulações farmacêuticas e/ ou veterinárias, preferencialmente, vacinas e métodos de diagnóstico in vitro” aplicados em infecções por Neospora.

 

APLICAÇÕES E PÚBLICO ALVO

      Aplicado na atividade clínica contra doenças parasitárias. O Público alvo são as Indústrias Farmacêuticas.

 

               

Figura: Inibição da invasão de N. caninum  pelo soro anti-NcMIC-like1 (TRAP). Taquizoítas de N. caninum foram  incubados por 1 hora com  soro anti-NcMIC2-like1 recombinante (TRAP), controles positivo (anti-extrato de N. caninum) ou negativo (Pre-imune ou anti-DHoDH). Os parasitas foram lavados e incubados com células Vero por 1 hora para invasão. O nível de invasão foi mensurado por real-time PCR ou contagem manual e a percentagem de inibição da invasão calculada em relação ao controle sem soro. (Figura retirada de Pereira et al., 2011).                     

 

  ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO

 

   

 

Área: Saúde e Cuidados Pessoais  0005/2010  FCFRP                Polo Ribeirão Preto

Pedido de Patente protegida sob o nº: PI 1000443-2                         foprado@usp.br

                                                                                                  www.patentes.usp.br

Processo nº06/05936-0, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). “As opiniões, hipóteses e conclusões ou recomendações expressas neste material são de responsabilidade do(s) autor(es) e não necessariamente refletem a visão da FAPESP”

 

                                                                                                                                          

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Flávia Oliveira Do Prado Vicentin
Universidade de São Paulo
55 (16) 3315-4591
foprado@usp.br
Inventores:
Ana Patrícia Yatsuda Natsui
Luiz Miguel Pereira
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum