Restaurações Odontológicas por Meio de Ilhas Oclusais/Proximais

 

Introdução

Quando o dente sofre um processo destrutivo por lesão de cárie, fratura ou quando desejamos modificar as suas características estéticas ele deve ser preparado para receber um material restaurador que as proteja, sendo resistente e prevenindo a reincidência.

 

Objetivos

Propiciar o aumento da durabilidade de restaurações odontológicas, assim como na recuperação de contatos proximais e oclusais, de guias de caninos e incisivos, e sulcos de trabalho de balanceio e de protrusão, através da introdução de ilhas oclusais/proximais e pinos cilíndricos oclusais.

 

 

Aplicações e público alvo

• Permitir a recuperação dos contatos proximais e oclusais ausentes ou perdidos;

• Permitir a recuperação das guias de caninos e incisivos;

• Permitir a restauração de sulcos de trabalho de balanceio e protrusão;

• Reestabelecer a capacidade funcional e estrutural de qualquer elemento dentário ausente ou que tenha perdido funcionalidade;

• Pode ser aplicado em qualquer elemento dentário e acessível a todos pacientes.

 

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: UFF

Patente protegida sob o nº: PI 1.104.585-0

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Matsuyoshi Mori
Isis Andréa Venturini Pola Poiate
Adalberto Bastos De Vasconcelos
Tomie Toyota De Campos
Carlos Eduardo Francci
Ivo Contin
Reinaldo Missaka
Edgard Poiate Júnior
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum