Restauração Odontológica Estrutural

 

Introdução

As lesões odontológicas podem ocorrer por ações biológicas, físicas ou químicas e as falhas de restauração odontológica (RO) geralmente ocorrem por estresse mecânico, sendo que as técnicas/metodologias e produtos atualmente disponíveis apresentam deficiências, especialmente na questão de promover de forma eficaz o reforço da estrutura dental remanescente e a longevidade da RO.

Objetivos

Desenvolver uma restauração odontológica estrutural (ROE) para classes I a V, de aço, cerâmicas, fibras de vidro de carbono, etc. associados a materiais restauradores adesivos para que suportem e/ou absorvam os esforços, estrutura reforçada (armadura), capaz de suportar e/ou absorver os esforços de tração e/ou compressão, aumentando a resistência e suprindo as deficiências do material restaurador convencional. 

Aplicações e público alvo

-Aumento da durabilidade das RO;

-Estrutura reforçada junto aos materiais restauradores convencionais;

-Melhora a distribuição das tensões no dente restaurado;

-Travamento mecânico e químico da RO, diante das forças mastigatórias;

-Restabelece a capacidade funcional e estrutural do elemento dentário

-Cirurgião dentista, TPD e alunos de odontologia.

 

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: USP e UFF
Patente registrada sob n° BR 10.2012.020902-0

 

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Venturini Lima
Universidade de São Paulo
55 11 3091 2938
alelima@usp.br
Inventores:
Matsuyoshi Mori
ISIS ANDRÉA VENTURINI POLA POIATE
Edgard Poiate Júnior
Dalva Cruz Laganá
Ivo Contin
TOMIE TOYOTA DE CAMPOS
Reinaldo Missaka
ROGÉRIO ISSAO SONOKI
Palavras-chave:
© 2021. All Rights Reserved. Powered by Inteum