Método in vitro para Determinação de FPS

 

Introdução

A radiação ultravioleta provoca danos cumulativos à pele que podem se manifestar posteriormente na forma de manchas, lesões e até câncer. Uma forma eficaz de se proteger contra os efeitos nocivos dessa radiação é através do uso de protetores solares. Assim, garantir o Fator de Proteção Solar (FPS) rotulado nos produtos é extremamente importante, mas para isso a metodologia de avaliação ainda requer o uso de voluntários humanos, o que torna essa determinação demorada, cara e questionável do ponto de vista ético.

 

Objetivos

Método e aparato para determinação de Fator de Proteção Solar por método in vitro numa faixa ampla (tipicamente 1 a 80), com alta reprodutibilidade e, precisão e exatidão, e baixo custo.

 

Aplicações e público alvo

• substituição parcial ou total do método in vivo.

• maior reprodutibilidade, produtividade e exatidão.

• desenvolvimento de formulações com protetor solar.

• empresas de fármacos e/ou prestação de serviços de análise.

 

 

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: FAPESP e CNPq

Patente protegida sob o nº: P.I. 1.101.564-0

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Leonardo Rodrigues De Paula
André Luis Araújo Parussulo
Henrique Eisi Toma
Koiti Araki
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum