IMUNOTERAPIA PARA O CONTROLE DE TUMORES INDUZIDOS PELO VÍRUS DO PAPILOMA HUMANO (HPV) (I)

 

Introdução

O vírus do papiloma humano (HPV), entre outros tipos de câncer, é o agente causador do câncer cervical, o segundo tipo de câncer mais letal entre as mulheres. Cerca de 80% pessoas são infectadas por HPV em algum momento de suas vidas, reforçando a necessidade do desenvolvimento de vacinas com enfoque terapêutico que visam desencadear respostas imunológicas capazes de matar as células tumorais sem atacar as células sadias. Em trabalho desenvolvido no Centro de Vacinas e Terapia Gênica (CEVAT – GENE) da Universidade de São Paulo produziu-se uma vacina de caráter terapêutico que foi capaz de controlar tumores pré-estabelecidos em modelo animal. Além disso, a vacina demonstrou capacidade em desencadear respostas de linfócitos T CD8+ citotóxicos específicos contra oncoproteínas do HPV em animais imunizados. 

Objetivos

Viabilização de uma estratégia vacinal terapêutica contra tumores induzidos por vírus HPV. 

Aplicações e público alvo

• Pessoas que  apresentam lesões ou tumores induzidos por vírus HPV visando o controle ou regressão dos mesmos.

• Pessoas que passaram por quimioterapia ou cirurgia para tratamento de lesões ou tumores induzidos por vírus HPV visando evitar recidivas.

• Pessoas diagnosticadas com infecção por vírus HPV de alto risco visando a prevenção do desenvolvimento de tumores induzidos por estes tipos virais.

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: FAPESP

Patente registrada sobre n° 1003749-7

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
 
       
Inventores:
Bruna Felício Maldonado Porchia
Mariana De Oliveira Diniz
Francisco Marques Oliveira Cariri
Vinicius Canato Santana
Luis Carlos De Souza Ferreira
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum