Dispositivo para discriminar combustíveis adulterados

 

Introdução

Os índices de adulteração no etanol combustível vêm aumentando consideravelmente. A adição de substâncias estranhas ou substâncias permitidas acima das quantidades pré-estabelecidas em combustíveis é atualmente uma prática corriqueira no território nacional e que atinge diretamente o consumidor, uma vez que, o combustível assim adulterado pode prejudicar os motores dos automóveis.

Objetivos

Desenvolver um dispositivo eletrônico para identificação de adulteração em um combustível; e, um método de detecção desta adulteração que pode ser aplicado diretamente no tanque de combustíveis dos automóveis e que apresenta baixo custo de produção.

 

Aplicações e público alvo

• Instalação do dispositivo diretamente no tanque de combustível dos automóveis.

• Utilização do dispositivo em bombas de combustíveis dos postos.

• Condutores de veículos em geral.

• Destinado também as montadoras de veículos.

 

Estágio de desenvolvimento
 

Parceiros: Universidade Federal do ABC, FAPESP

Patente registrada sobre n° BR 10 2012 031202 6

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Thiago Longo Cesar Da Paixão
Lígia Bueno
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum