Dispositivo Deambulatório Autotransferente

 

Introdução

Equipamentos deambulatórios são utilizados por crianças, jovens e adultos que apresentem dificuldade na marcha independente.  O dispositivo deambulatório autotransferente, Autotransfer,  desta patente refere-se à pessoas especiais que não tenham condições de sustentar seu próprio peso, como também dá suporte para pacientes que necessitem apenas de auxilio para a deambulação,  proporcionando a eles, a possibilidade de manter o tronco ereto e alinhado, seguro e confortável, onde é possível adquirir a habilidade para andar facilmente, deixando os membros superiores livres para se movimentarem e realizarem suas atividades de vida diárias.

 

Objetivos

O objetivo se utilizar o Autotransfer como auxiliar deambulatório é reaprender ou aprender a deambulação e fortalecer gradativamente a musculatura utilizada durante a marcha. Auxilia a locomoção para que as pessoas se integrem completamente à sociedade e as ensina a caminhar com independência, a fim de promover um fortalecimento da musculatura dos membros inferiores bem como permite que adquiram ou recuperem o autoequilibrio; melhora a qualidade de vida das pessoas, por ser um artefato para trabalhar a independência na locomoção de pacientes com paralisia cerebral (PC).

 

 

Aplicações e público alvo

É indicado para portadores de distúrbios neuromusculares  (PC) ou ortopédicos (traumas).

 

Público alvo
Fabricantes de órteses deambulatórias, pessoas que não tenham força ou controle de tronco e não conseguem se manter na postura ortostática .

 

Estágio de desenvolvimento

 

Patente registrada sob n° PI 1002778-5

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Benedito De Moraes Purquerio
Renan Botega
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum