Dispositivo Curto para a Recuperação do Fêmur Infantil

 

Introdução

Pacientes pediátricos com sequela de paralisia cerebral frequentemente são submetidos a cirurgia ortopédica (osteotomia) para correção de deformidade rotacional do fêmur. Os implantes ortopédicos comumente utilizados para fixação desta cirurgia consistem de placas que se localizam externamente ao osso. Hastes intramedulares (localizadas dentro do osso) disponíveis para fixação óssea são longas e não foram desenhadas especificamente para esta população de pacientes.

 

Objetivos

Haste intramedular curta para fixação de cirurgia no fêmur, planejada de acordo com anatomia de crianças com diagnóstico de sequela de paralisia cerebral, para ser aplicada por meio de técnica cirúrgica minimamente invasiva.

 

 

Aplicações e público alvo

• Fixação de osteotomia de rotação do fêmur

• Uso  de técnica minimamente invasiva.

• Pacientes com deformidade rotacional do fêmur devido a sequela de paralisia cerebral

 

 

Estágio de desenvolvimento

 

Patente protegida sob o nº: PI 1.105.219-8

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
José Batista Volpon
Rodrigo Gonçalves Pagnano
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum