COMPOSTO FARMACOLÓGICO PARA TRATAMENTO DA AIDS

 

NTRODUÇÃO
          A presente invenção refere-se a um composto híbrido potencial inibidor de protease do vírus da imunodeficiência humana, tipo 1 (HIV-1), baseado na otimização das estruturas bem como propriedades físico-químicas e farmacocinéticas de dois inibidores já existentes como fármacos no mercado, além de análise teórica da atividade biológica e toxicidade. O referido composto foi planejado por hibridização molecular dos dois inibidores e é apresentado como um potencial fármaco inibidor de protease de HIV-1, com síntese proposta. Tem – se como objetivo: Propor um composto híbrido que apresenta um potencial inibidor de protease de HIV-1, baseada na otimização das estruturas, bem como propriedades físico-químicas e farmacocinéticas de dois inibidores já existentes no mercado. 

 

APLICAÇÕES E PÚBLICO ALVO

          Aplicações de interesse farmacológico com vistas ao tratamento de pacientes portadores da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS).

 

               

                                              Figura:  Imagem Ilustrativa.                     

 

  ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO

   

 

Área: Saúde e Cuidados Pessoais   0052/2011   FCFRP                           Polo Ribeirão Preto

Patente protegida sob o nº:  1103593-5                                                        foprado@usp.br

Parceiro: Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF)                     www.patentes.usp.br

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Flávia Oliveira Do Prado Vicentin
Universidade de São Paulo
55 (16) 3315-4591
foprado@usp.br
Inventores:
CARLOS HENRIQUE TOMICH DE PAULA DA SILVA
FLAVIO DA SILVA EMERY
JOSIANA GARCIA DE ARAÚJO VOLPINI
CARLTON ANTHONY TAFT
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum