Análise de Canabinóide Psicotrópico por Técnicas Eletroquímicas

 

Introdução

A maconha é a droga mais consumida no mundo. A substância responsável pelo efeito psicoativo é chamada de ?9-tetraidrocanabinol (?9-THC). Atualmente, há uma preocupação muito grande acerca dos testes preliminares. A análise dessa substância por técnicas eletroquímicas apresenta uma série de vantagens, tais como sensibilidade, seletividade, e confiabilidade. do resultado obtido.

 

Objetivos

Desenvolvimento de uma metodologia confiável  em análises forenses na  detecção e quantificação da substância ?9-THC em amostras apreendidas de maconha e haxixe.

 

Aplicações e público alvo

Esta metodologia pode ser aplicada em análise de ?9-THC realizada por:

- Institutos de  Criminalística;

- Órgãos de Segurança Pública;

- Departamentos de Polícia;

- Peritos Particulares e Assistentes , etc.   

 

 

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: FAPESP

Patente protegida sob o nº: PI 1.104.489-6

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Marco Antonio Balbino
Marcelo Firmino De Oliveira
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum