Novo Modelo Experimental de Treinamento para Roedores

 

Introdução

Os modelos experimentais de treinamento de força desenvolvidos apresentam limitações que podem comprometer a extrapolação de dados em roedores para humanos. Há muitos fatores que podem limitar o treinamento de força em roedores em comparação aos protocolos realizados em humanos e, dentre estes, o principal é o estímulo necessário para encorajar o animal a executar o exercício.

 

Objetivos

Propor um modelo de treinamento de força para roedores com o intuito de mimetizar (considerando a limitação da espécie) os protocolos de treinamento realizados em humanos.

 

Aplicações e público alvo

Pesquisa básica experimental no estudo do metabolismo proteico muscular, doenças neuromusculares, desempenho esportivo e mecanismos celulares relacionados a plasticidade da musculatura esquelética

 

Estágio de desenvolvimento

 

Parceiros: FAPESP e POLI JR

Patente protegida sob o nº: 1.103.318-5

Informação sobre a PI:
Para mais informações, entre em contato:
Alexandre Lima
Universidade de São Paulo
alelima@usp.br
Inventores:
Humberto Nicastro Silva
Nelo Eidy Zanchi
Antonio Herbert Lancha
Palavras-chave:
© 2019. All Rights Reserved. Powered by Inteum